sábado, 1 de março de 2008

Como o Tempo Passa!

Foi a 1 de Março de 2007 que criei este espaço, o meu retorno aos blogues, embora em circunstâncias diversas das que me tinham iniciado. Muito oprimido por perdas privadas e desgostos públicos, pensei como desafio a animação de uma página, um endurecimento contra a adversidade e uma negação da amargura. Funcionou, como, igualmente, as prevenções que me haviam ficado da experiência anterior, de não permitir intrusão demasiada desta condição no panorama geral da vida.
Encontrei as Pessoas com que mais estimava conversar neste mundo virtual em estado francamente menos presente. Indisponibilidades variadas, culminando até em retiradas, levaram a afastamentos de vária ordem. Algumas surpresas e sangue novo emergiram permitindo interessar-me por uma actividade que, de outro modo, acompanharia o declínio de um país que já só estimo pelo Passado que teve.
Outras lições me estavam reservadas: a obsessão que para algumas pessoas o mundo virtual enforma, ao ponto de o confundirem com a existência. E diferentes modalidades de pressão, atentando contra a liberdade da escrita, a par de outros falhados ensaios de aprisionamento. Todos eles ignorando o mandamento sagrado de não deixar que piore as nossas vidas algo que serve para distrair e melhorá-las.
Felizmente não fui contaminado. O Blogue cumpriu por inteiro a missão pré-determinada, o ano de existência em envolvências pouco propícias.
Dos Autores que mais interagem há evidência abundante. Alguns nomes tenho de destacar Que, por não Se terem investido em páginas pessoais, são credores de reconhecimento especial, pela fidelidade com que o acompanharam e a Qualidade que lhe trouxeram: a Cristina Ribeiro, Primeira Responsável da confecção dele; a Maria, o Çamorano/Filomeno, o Carlos Portugal e o TSantos, Amigo das horas verdadeiras. A casa é, literalmente, Sua.
Uma última referência grata: ter vindo a ganhar audiência no Brasil calou-me especialmente fundo. Aos meus Silenciosos Leitores do Lado de Lá do Atlântico, aquele abraço...
E pronto, deixemos o ex-libris desta experiência perder o fôlego, com uma velinha só.

40 comentários:

Anónimo disse...

Muchas gracias por la referencia, amigo Réprobo. Ya te dije que fue para mí un honor ser el primer "bloginterviniente" en "As Afinidades Efectivas" de expresión española. En fin, un año de "libros viejos" y "mujeres jóvenes"(y alguna madura de buen ver) y la paciencia infinita del gran Réprobo al contestar a todos y cada uno de los comentaristas. Un abrazo.

Anónimo disse...

Embora não tenha sido nem das primeiras leitoras
nem das mais assíduas

Tenho lido com muito interesse.

Muitos Parabéns PauloCunhaPorto

Com cumprimentos
desde a Ilha da Madeira
em 1 de Março de 2008

Um beijinho
da
AnaMaria.

Anónimo disse...

Muitos parabéns, Caríssimo Amigo, por este aniversário da Sua nova (e excelente) encarnação bloguística!!!

Um grande abraço.

Anónimo disse...

E um muito obrigado pela amabilíssima referência!

Outro abraço.

Templo do Giraldo disse...

http://templodogiraldo.blogspot.com/


Passem por aqui.

SAUDAçÔES.

cs disse...

Parabéns e Obrigada por ir fazendo parte dos meus dias. Continue.

:))

Anónimo disse...

Pois foi, Paulo!
Não sei porque carga d'água me fui convencer de que tinha postado "Conversa Adiada" no dia sete...; e cá estamos nós a comemorar este primeiro ano do "Afinidades" que veio ao longo do tempo alimentando afectividades...
Que continue nessa senda, é o que desejo, a bem de todos os seus leitores!
Beijo

Anónimo disse...

Ah! E parabéns! Com direito a bolo miaus de contentamento e tudo a que tem direito, neste dia tão soalheiro.
Obrigada!
Beijo

-JÚLIA MOURA LOPES- disse...

Março é um mês lindo, mês de Primavera, reguemos, pois as nossas flores, à maneira de Reis.

Que continuemos a lê-lo, festejando por muito tempo os afectos
" e tudo o mais, é nada..."

bem querer da Júlia

Anónimo disse...

La primavera, en el caso de España, puede adelantarse al día 9..........

ana v. disse...

Muitos parabéns, caro Paulo!
Este excelente espaço tem-me ensinado muitas vezes, divertido outras tantas e impressionado sempre. Pela exigência, pela qualidade inatacável. Continue, meu amigo. Cá estarei para lê-lo.
Um beijo

Luísa A. disse...

Meu caro Réprobo, muitos parabéns por este primeiro ano de «Afinidades» e pelos seus notáveis nível e ritmo. Ao tom nostálgico de um ano de «missão» cumprida, siga-se agora o tom enérgico de mais um ano para cumprir. Não o dispensamos! :-)

Anónimo disse...

Parabéns estimado amigo! A tertúlia não seria a mesma sem si. Grato pelo que aprendo consigo. Abraço.

nonas disse...

Mais um ano e siga a rusga...
Parabéns Paulo Cunha Porto pelo alto nível cultural do blogue salvo algumas discordâncias de fundo.

Ricardo António Alves disse...

Olha, já?!... Um abraço, ó IC!

João Távora disse...

Parabéns, caro Paulo. Gosto muito de vir aqui aprender!

Marcos Pinho de Escobar disse...

Muitos parabéns, Caríssimo Réprobo! E que "As Afinidades" tenham uma muito longa vida. O Amigo é presença obrigatória neste "nosso" espaço.
Um abraço bem apertado.

Anónimo disse...

Foi com alegria que soube do teu regresso ao bloganço, como é com alegria que vejo que continuas. Aprecio especialmente as páginas de história, que nos trazes com objectividade mesclada de uma interpretação pertinente e penetrante.
Forte abraço de parabéns.

Anónimo disse...

Querido Paulo


Sempre muito Querido, apesar de mais ausente
Vim tarde, mas para mim ainda estou no dia primeiro de Março.

Parabéns, pelo o ano de mais um excelente blog, tão igual a Si mesmo.

Também ninguém contava com outra coisa!

beijo grande

Marta

O Réprobo disse...

Queridos Amigos
muito obrigado pelas Vossas palavras e companhia. Cumprido o programa que me estabeleci como brigatório, segue a parte livre, em que tudo o que a mais vier será ganho.
Beijinhos e abraços derretidos

Anónimo disse...

Paulo, olhe que estamos à espera dessa "parte livre"! Que continue a deliciar-nos como até agora, com o seu saber e amizade.
Beijo

O Réprobo disse...

Obrigado, Querida Cristina, vamos a ver é se o Júri recompensa tanto a criatividade como o fez com o rigor.
Beijo

fugidia disse...

Parabéns, caro Réprobo.
Um beijinho, ainda que atrasado.
:-)

Anónimo disse...

Caríssimo

Obrigado pela tua amável referência à minha pessoa, que eu interpreto como um reconhecimento da nossa já longa, e profícua, Amizade...

De resto, e distorcendo o velho ditado: "Longe da Vista, mas não do Coração"!

Um grande Abraço

T

O Réprobo disse...

Muito grato, Fugidia e TSantos.
Os Amigos estão sempre presentes!
Bj.& ab.

Cláudia [ACV] disse...

Parabéns, Paulo;

Vítor Ramalho disse...

Parabéns, Com as devidas desculpas pelo atraso.

O Réprobo disse...

Querida Ana e Caro Vítor,
muito obrigado, o melhor de aniversariar é proporcionar pretexto aos Amigos para deixarem rasto.
Bj. & ab.

Unknown disse...

Parabéns e aquele abraço na diferença que sempre sabe dar e melhor sabe receber. Atrasei-me no dia, mas não poderia deixar de assinalar este aniversário retribuindo a amizade que sempre me dirigiu. Muitos anos de (des)ilusões e (des)esperanças, das que o fazem escrever publicamente e nunca das que o convidam a calar-se...

Miguel Drummond de Castro disse...

Muitos Parabéns,

e que continue por muito tempo este lugar entre outras muitas coisas amigável a gatos, e onde se cultiva sem falha o prazer de escrever com fina ironia e gosto pela memória de tudo,

Um abraço meu e dos meus gatos para os gatos,

Miguel

O Réprobo disse...

Muito Caros Miguel e Nils,
muito grato (bem como os bichanos) pelas Vossas palavras. Vamos ver, estou um tanto vulnerável a tracções contraditórias, mas com calma a coisa resolve-se, qualquer que seja o sentido.
Abraços

Anónimo disse...

Mi más cordial enhorabuena, querido amigo, y que sigas escribiendo con esa fuerza y esa creatividad que en ti parecen inagotables. Eso sí, recuerda aquello de la estética que decía Nicolás Gómez Dávila.
Un abrazo fuerte,

Rafael Castela Santos

O Réprobo disse...

Caríssimo Rafael,
sempre Caridoso para com um pobre amigo que já teve melhores dias de bloguismo. Não te preocupes, se o Ideal Estético aponta sempre para uma transfiguração da Finitude, a fruição pode ser gerida com equlíbrio, quero crer.
Abraço apertado

Anónimo disse...

Paulo, muito embora um bocadinho atrazada não posso deixar de lhe dar duplos parabéns por este aninho de vida do seu Blog, ainda por cima eu que tanto insisti para que continuasse a escrever. Ano que passou num instantinho, já reparou? Ele, Blog, ainda é um perfeito bebé pelo que ainda tem muito para crescer continuando a encantar-nos.
Quanto aos seus belos textos estou um bocadinho como o Nonas, por vezes aqui e ali não concordo nem um bocadinho com o que o Paulo escreve, mas o que é isso comparado com o muito, muitíssimo, que nos oferece neste esplêndido espaço de cultura cuja leitura nos enche a alma de beleza e paz interior, (sobretudo neste malfadado tempo que nos coube viver)?

Cumprimentos Paulo.
Maria

O Réprobo disse...

Muito obrigado, Querida Maria, claro que discordância é natural, tratando-se de pessoas diferentes e quando o redactor é avesso a perdas de independência ou a cumplicidades.
Beijinho muito grato pelo afecto testemunhado.

Anónimo disse...

Tive de ordenar umas pastas e só agora posso fazer as felicitações. Muitos mais anos.

O Réprobo disse...

Obrigado, Caro Rudofo. Para ler a simpatia dos Amigos o tempo é sempre bom.
Ab.

MP disse...

Muitos parabéns, ainda que atrasados!

Conte muitos e bons!

João Melo disse...

parabéns pelo bom trabalho!!! keep on bloging!!

O Réprobo disse...

Querida MP e Caro João Melo,
muito obrigado pela marcação das Vossas Presenças Amigas.
Tentarei continuar a calcorrear as pisadas deste mundo com o Eclectismo que me for possível.
Beijinhos e abraço