quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Aporias da Insolência

Agora é que a Charlotte a fez bonita: vai concitar o ódio das feministas. Ao descrever a insolência como tipicamente feminina, está a reconhecer a excepcionalidade na subtracção ao poder que, putativamente, o Homem exerce. Isto é inaceitável para as que defendem a concorrência com os machos, quer na detenção habitual dos mecanismos de coerção, quer nos tiques.
Percebo o ponto, notoriedade irreverente como mecanismo de sedução, esse ingrediente que propagandeia toda uma gama de cosméticos, de que o perfume é o exemplo mais publicitado. Mas é impossível que as radicais o aceitem, são tão contra o uso da fragrância para agradar ao outro sexo, como opositoras dos nus - de Hillary Swank, no caso - com a mesma finalidade. Querem rivalizar com a masculinidade até nos odores.
Quando a Mulher de Qualidade é como o gato, sabe determinar a dose exacta:
E encantar sem remédio.

8 comentários:

Rudolfo Moreira disse...

S. Aporias ou apologias?

Anónimo disse...

eu não estou de acordo com a Charlotte, não se trata de insolência, mas o que uqeria dizer é que de há muito que Charlotte deve concitar ódios feministas: tem charme, é bonita...

O Réprobo disse...

Meu Caro Rudolfo Moreira,
«aporias», no sentido de que a procura do Poder em mimetismo do outro género leva à perda do de fascinar.
Abraço

O Réprobo disse...

Caro Anónimo,
grato pela achega. Entroncando directamente no texto e na resposta ao Rudolfo, nenhum de nós tem dúvida de que as Características que menciona serão agravantes de peso na cabeça das fanáticas da "libertação da Mulher", ehehehehehe.

Capitão-Mor disse...

Com esses lábios, permito-lhe todos os tipos de insolência!!! :)

Hoje o meu amigo vai ter uma grande surpresa ao lêr o episódio 4 da minha blogsérie!

O Réprobo disse...

Bem, Caro Capitão-Mor, o que me espera?!
Não tardarei a ir lá.
Abraço

Coralina disse...

Talvez devessem rever o vosso conceito de feminismo: é que eu,como feminista,começo a ter pouca paciência para este tipo de comentários em que as feministas são descritas como monstros invejosos. É que,ao contrário da Charlotte,vocês não são insolentes,são ignorantes.

O Réprobo disse...

Coralina,
terei todo o prazer em rever esse conceito quando as feministas mais notórias não queimarem peças de roupa, ou deixarem de se insurgir contra os nomes femininos dados a furações. E quando casos menos mediáticos deixarem de ofender as Pessoas, dependentes hierarqucamente delas, que não agem como elas querem.
Se vamos a qualificações, sempre tão fáceis, repugnantes, frustradas, infelizes, talvez lhe digam alguma coisa. Para as quais também não tenho paciência alguma.
Mas se retirar o "ignorantes", fica retirada esta última parte. Compreendido?