sábado, 29 de dezembro de 2007

Direitos De Autor

Cada vez menos me convenço da responsabilidade directa da Al-Qaeda no assassínio de Bhutto. Não pelo temor da infracção das leis tribais aqui dada como razão, mas porque a oranização não costuma ser tímida na reivindicação das acções que servem a sua sinistra propaganda. Sendo fundamentalistas os autores, inclino-me para outra tendência, a das tais infiltrações seguramente existentes nos serviços de segurança paquistaneses, nostálgicas de Zia ou não, operando por conta própria.

12 comentários:

filomeno2006 disse...

El magnicidio de Bhutto cada vez se está pareciendo más al de Benigno Aquino......

Cristina Ribeiro disse...

Para mim, a única coisa certa é que terá sido algum inimigo da modernização daquela zona do mundo, que muitos querem continue na escuridão e nas trevas medievais, e, como diz, eles não se reduzem à Al-Qaeda.
Beijo

T disse...

Estou em crer no parecer da Cristina.
Beijinhos aos dois

O Réprobo disse...

Ambos eram apostas americanas contra as imediatamente anteriores, não é Meu Caro Filomeno?
Abraço

O Réprobo disse...

Com as trevas concordo, Cristina. Medievais é que não. Há muito que se fez luz sobre o preconceito que criou a lenda da escuridão medieval.
Beijo

O Réprobo disse...

Dirijo então a resposta a Ambas. Não será um post, mas é um princípio de vida.
Bj.

tsantos disse...

Concordo contigo, Caríssimo. E mais, tenho para mim que a Al-Qaeda é um mito com as costas muuuuito largas...

Abraço

FSantos disse...

O atento Réprobo antecipou-se-me quanto à lenda das trevas medievais. Há que acabar com este preconceito baseado em tudo menos em factos históricos!

Cristina Ribeiro disse...

Prometo, Paulo, que vou revisitar essa época, e assim rever o que me foi ensinado na Escola.
Já agora, e vou pedir o mesmo ao FSantos no " Horizonte", não quer indicar bibliografia, e assim continuar o seu precioso serviço público? Agradecida.
Beijo

O Réprobo disse...

Meu Caro FSantos,
sendo que, naquela região, dá um jeitaço a quem queira fazer uma perninha no terrorismo...
Não são necessários grandes esforços para creditar os feitos da Al Qaeda, eles congratulam-se amplamente pelas respectivas realizações. Querem ver a autoria descoberta, não o contrário, sendo, claro está, que, por vezes, podm ficar na dúvida sobre a imputabilidade às subsidiárias que gozem de maior autonomia.
Abraço

O Réprobo disse...

Oooops, leia-se a resposta anterior dirigida ao TSantos, sendo a que segue orientada para o também Muito Caro FSantos:
entre os primeiros Liberais, porque abundaram os artisticamente Românticos, ainda se respeitou o florescimento cultural da Idade Média. À medida que o cientismo ateísta foi tomando a primazia, criou-se uma lenda negríssima, do foro não já do detector de mentiras, mas do psiquiátrico.
Abraço

O Réprobo disse...

Querida Cristina,
sem querer meter foice em seara alheia, pode começar pelas obras de Pernoud e Marrou. Depois há muitas mais, especializadas segundo todas as preferências, quer temáticas, quer de profundidade investigatória.
Beijo