domingo, 23 de dezembro de 2007

Do Incógnito à Apoteose

A minha dose de prendas para a Terpsichore E. M. Psiche, O Nascimento de uma Musa por Ingres, como prelúdio do Reino Delas por Lorenzo Costa, em que a Inspiração toca os músicos, o pintor e o escritor, no Jardim dos Prazeres intelectuais.

3 comentários:

Terpsichore E. M. disse...

Oh estou muito contente, bravo, bravo! bato palmas - chama-se isto...a consolação do Natal!

Sabes aquela cena da Menina do Mar em que ela bate palmas? :)

Mas é mais do que isso!

Para já fiquei fan desse quadro do Lorenzo Costa! Que bonita prenda

Depois... como é que adivinhaste - oh mago - que eu de facto acabei de começar um pequno projecto que é o jardim de.... !

Obrigada!

Estou muito precisada de tudo isso - a sério.

Beijinhos! 3, como aqui se dá!

Esse quadro chama-se Reino?

O Réprobo disse...

Qierida Terp,
é «O Reino das Musas». Parece que há interpretações mais herméticas dele, mas por aí não me meto. Achei adequado porque cobre os interesses de cada um dos Teus Blogues...
E fico contente com a coincidência do jardim.
Beijinho
PS: Três? Vou mudar-me para aí!

O Réprobo disse...

Era "Querida Terp", não me descomponhas... ehehehehehehehe!