domingo, 16 de dezembro de 2007

Metáfora da Perseguição

Uma imagem da má vontade em curso contra os fumadores: por tal hábito, com este Osama, transformam num terrorista o mais adorável dos seres...

11 comentários:

Carlos Portugal disse...

Nem mais, Caríssimo! Pobre bichano!

Abraço.

Luar disse...

Amigo eu mal educadamente (bolas até isto já não sei escrever) já fanei a foto do gato para a minha colecção!!!
beijos

O Réprobo disse...

Meu Caro Carlos Portugal,
maldade paralela à que vêm fazendo com muitos humanos estimáveis. Agradeço-Lhe do fundo do coração ter-me proporcionado acesso a esta imagem tão expressiva.
Abraço

O Réprobo disse...

Querida Luar,
agora! Este Inferno é um self-service: sirva-Se à vontade. Fico contentíssimo com facto de ter encontrado cá algo que interessasse.
Beijinho

JuliaML disse...

Parece o meu retrato...só me falta o lenço ;-)

O Réprobo disse...

Querida Júlia,
dos olhos de Gata já sabíamos, do hábito de fumar ficamos a saber. Parafraseando facilmente o velho Karl, "Fumadores de Todo o Mundo, uni-Vos".
Beijinho

JuliaML disse...

:-)

gostei da alusão à Paráfrase Fácil!

E aquela tão linda? - "Unidos venceremos,unidos venceremos"

O que não faz ser-se nicodependente....

bjinho

O Réprobo disse...

Querida Júlia,
nada Lhe escapa!
Eu nem fumador sou, mas irrita-me a histeria e a qualifucação de criminosas de algumas pequenas fraquezas humanas.
Beijinho

JuliaML disse...

É o imperialismo das ideias, Paulo...mas que não é recente, diga-se, só que agora tem a acobertá-lo a Lei.
Eu acho muito tiste ver que há pessoas que pensam que não morrerão só porque não fumam.
Eu gosto muito de fumar e não penso abdicar disso.

O Réprobo disse...

Querida Júlia,
e é também um desprezo total pelo prazer do outro. A proiboção é o equivalente, no lado contrário, ao patego que expele a fumaça directamente para a cara do que está em frente: perde-se o equilíbrio nas condutas sem arte.
Jinho

JuliaML disse...

Pois, e também não vai dizer a uma pessoa adulta que se presume educada, a forma de se comportar...

é isso, Paulo..

beijinho