sábado, 5 de julho de 2008

Dom das Línguas

1- Andei todo o dia cabisbaixo, pensando em que teria errado, nesta conversa de mouros. Até que se fez luz, ao ler uma informação de Heinz Kröl, que nos diz que o termo alarves, usado em gíria para significar tolos, queria originariamente dizer Árabes. Ora bem, mouros também possui esse significado. Faz-se luz, portanto - as nossas Amigas andam à cata de homens que não pensam. Venham depois falar-me de Mulher-objecto! Objecto!
Adão e Eva no Paraíso de Lorenzo Ghiberti

2- A propósito daquilo em que concordámos no post anterior, pelo menos eu e a Júlia, no facto de na língua francesa até a parolice agradar, lembrei-me da deliciosa teoria de André Kempe, em tratado especializado de 1569, que determinou ter Deus, nos Jardins do Eden, falado aos nossos primeiros Pais em sueco; mais dizia, Adão respondera-Lhe em dinamarquês e a cobra convencera Eva em... francês. Muitos comentadores gozam que nem perdidos maiores que o réprobo, acrescentando não terem dificuldades em acreditar na terceira teoria, o que diz bem da capacidade de impingir, literalmente, banha da cobra atribuída à maviosa língua gálica. Já manda o Povo desconfiar de quem vem com falinhas mansas...
3- À Ana Vidal, Que defendeu outra tese inverosímil, a de que as mouras se podem encontrar em dia de S. João, direi que basta ir ao sítio certo, como este local do Brasil...

Posted by Picasa

25 comentários:

Cristina Ribeiro disse...

Don Pablo:
Ponto nº1: sabe como é que os Corta-fiteiros etiquetam as postagens das alarves de Sexta-feira? "meninas bonitas que não sabem quem é Agustina Bessa-Luís", a recordar um célebre concurso televisivo, onde a "arabice" grassava- o que torna tudo muito evidente, não acha?- (e, claro que isto é válido para as barbies estrangeiras, que, estou certa, ao contrário do herói do Indiana Jones, não sabem quem é, por exemplo Ernest Hemingway...)
Ponto nº2- volto à vaca fria do ponto nº1: não venha com falinhas mansas defender o indefensável...
Beijo

O Réprobo disse...

Querida Cristina,
bom, mas isso é com os Amigos Corta-Fiteiros. Nunca deixei que as etiquetas desta casa fossem contra a Etiqueta e estou certo de que cada Intérprete das minhas Sextas é perfeitamente capaz de debitar uma tese sobre as relações do Pensamento de Wittgenstein com a derradeira prosa Joyceana.
Beijo

Cristina Ribeiro disse...

Perfeitamente! :)
Beijo divertido

fugidia disse...

Humpfrrr....
:-p
(ah, e faço minhas as palavras da Cristina...)

Júlia Moura Lopes disse...

Estou com a Cristina, duvido que as suas figurinhas, mesmo falando francês, não confundam Vitor Hugo com o blogger das sextas.

ah, a respeito de mourinhas, não precisam ira ao Brasil, basta ir ao Privilégios :-)

há quem me chame carinhosamente Mourinha :-)

mike disse...

Pois eu, e após estas duas palavras haverá já quem esteja a pensar "só cá faltava este", direi que razões não havia para ter estado cabisbaixo, Caro Réprobo. E não vá em falinhas mansas, e continue a defender o que é legitimamente defensável. :)
Os seus leitores, uns pivilegiados, sabem quem é Eça e não o confundem com essa divertida abordagem das sextas-feiras. :)
Abraço

O Réprobo disse...

E estamos quase no terreno pantanoso de as Mulheres que lêem serem perigosas. Quer que escreva sobre isso, Menina Cristina?
Beijo

O Réprobo disse...

Ah é, Sua Fugi Fujona?
Pois rrrfpmuH, para ser do contra em tudo

O Réprobo disse...

Que revelação, Linda Mourinha com nome de Ilustre Linhagem Latina!
Pois não vai sem troco - Dou-Lhe um príncipe encantado: não duvide nem por um momento do encanto que sinto em conhecê-La. E o meu nome completo é Paulo Príncipe da Cunha Porto. Podemos fazer um conto de fadas...

Para Todas- graças a outra Amiga da casa, a Marília Jackelyne, posso satisfazer-Vos, sem o desgosto de publicar um homenzarrão. Ora vejam lá se gostam deste moçoilo.
Beijinhos

O Réprobo disse...

Meu Caro Mike,
a indignação das nossas Amigas será doença? Esta oposição às Sextas parece-me Saturday Night Fever!!
Grato pelo apoio.
Abraço

Cristina Ribeiro disse...

Comentário com dois pontos, para não destoar:
1.S'il vous plait, Monsieur...

2.Muy bienevenido, Mr. Brando!

Beijo

fugidia disse...

Répzinho...
:-)))
(risos)

mike disse...

Mr. Brando era para mim, Cristina? Uau... obrigado. :)

ana v. disse...

"as mouras encantadas que passam todo o ano sob a forma de cobras, só podendo ser vistas em noites de São João nas belíssimas formas humanas femininas" (Réprobo dixit)

Mas, meu caro, eu limitei-me a interpretar a sua própria teoria...

E estou a 100% com a falange feminina, claro! As nossas escolhas vão sempre para seres dotados de cérebro e com anos de vida suficientes para saber usá-lo e meter alguma coisa lá dentro. Já os cavalheiros amigos das sextas-feiras, enfim... preciso de dizer mais alguma coisa??

Júlia Moura Lopes disse...

Paulo,

eu acho que ninguém se opõe às sextas, queremos é um sábado para nós :-)

e até agora, nesta casa ainda não vi nada , isso de nos conduzir a outro blog, não é batota? é dar com a mão fechada...

beijinho :-))

marilia disse...

Dear Réprobo!
Estás a usar-me para se desvencilhar da obrigação de satisfazer tuas leitoras??
Pois junto-me ao clamor geral! Quero um sábado para nós (ou outro dia da semana - mas queresmo)!!!

abç, querido

O Réprobo disse...

Querida Cristina,
1- vou pensando como avançar, então, nesse terreno ingrato.

Para não dizer que não respondo com Brandura às críticas mais acesas. É o meu feitio compassivo...
Beijo

O Réprobo disse...

Fugizita,
inda bem!
Bjinho

O Réprobo disse...

Querida Ana,
essa não era a minha teoria, apenas a crença imemorialmente estabelecida. Felizmente vivo em tempo em que há mecanismos de oferta correctivos... Nem tudo podia ser mau.
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Júlia,
que maneira engenhosa de dizer que me acha um pão(-duro)!
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Marília,
eu estava, estava, pensei que as Outras Meninas Que me visitam também gostassem de cozer em lume Brando...
Pronto, vou tratar disso já a seguir.
Beijinho

Júlia Moura Lopes disse...

Querio Paulo,não percebo porque pensa isso.

Todas sabemos dos seus encantos, que passam do cavalheirismo à deliciosa galanteria.

xi-coração

O Réprobo disse...

Mas aquela de dar com a mão fechada...
Beijinho grato, Querida Júlia

Júlia Moura Lopes disse...

estava a brincarrrrrrrrrrr :-)

O Réprobo disse...

Ehehehehe, mas senti-me um Tio Patinhas!
Bjinho