quarta-feira, 16 de julho de 2008

Opressão Fugidia

Para não Se deixar abater, é só deitar isso para trás das costas, Querida Amiga.

7 comentários:

mike disse...

(riso contido)
(gargalhada)

fugidia disse...

Querido Rép.,
se eu deitar para trás das costas fico, de facto, com o aspecto da senhorita da imagem (bom, eu sou morena e mais gira :-p) e acho que, mais cedo ou mais tarde, ou pego neles de frente ou sou despedida :-)

Obrigada por me ter feito rir: rir faz sempre bem e dá ânimo :-)
Beijinhos.

(Para o Mister: vá trabalhar, s. f. f., que o Senhor não está de férias :-p)

O Réprobo disse...

Caro Mike, irmanemo-nos na contenção gargalhante, porque é indecoroso derranmar abertamente o riso sobre agruras burocráticas...
Abraço

O Réprobo disse...

Querida Fugi,
dúvida nenhuma sobre a Gireza comparativamente maior da Minha Amiga, A representação não pretendia abarcar essa vertente.
Não deixe que o patrão A tiranize. Lembre-Se do General Franco e das duas pilhas de papelada na mesa de despacho que subsumia ao ditado Galego - a dos problemas que o tempo resolveu e a dos que ele há-de resolver.
Beijinho

Once disse...

imagem brilhante Paulo (já me ri ) .. Amiga Fugidia quer um fósforo ? ;)

O Réprobo disse...

Obrigado, Generosa Once. Há tigres de papel que são realmente de temer, o Camarada Mao é que era tão infeliz nas metáforas como a nossa classe política.
Beijinho

fugidia disse...

Once.............. QUERO!!!!
:-)))