domingo, 6 de julho de 2008

Poder do Passado

Nunca ao Domingo? Pronto, para não ser apedrejado pela Clientela Feminina do blogue ponho um actor cuja única desculpa para o estrelato seria o físico, pois que representava muito mal, coitadito: Tyron Power, aqui com Betty Grable uma artista cuja beleza sempre me irritou, apesar de ser a preferida dos soldados americanos na II Guerra Mundial, ao contrário dos oficiais, que elegiam Rita Hayworth, o que, só por si, justifica a cadeia de comando.
E para legitimar a colocação deste postal, queria referir a inovação que este astro trouxe à nossa língua. Durante os Anos Cinquenta e Sessenta era corriqueira a expressão é um tirone seco no sentido de dandy, um homem bastante aperaltado com morfologia que não destoasse. É esta a razão da etiqueta, ou já estavam a extrapolar, a partir da ameaça do gesto captado na foto?

10 comentários:

Cristina Ribeiro disse...

É. Concordo: o homem não tinha o dom de "agarrar"; chegada do blogue «Ainda Podia Ser Pior», encontro-me apta para dizer, depois do que por lá vi-Haja Deus!-"ainda podia ser melhor" :)
Beijo

(Ah! Já tomei nota das recomendações sobre Cocteau)

marilia disse...

Dear,
Livrou-se, por hoje, da lapidação. Continue comportando-se bem, está bem?

bj

marilia

ana v. disse...

Nah, o Tirone não me convence. Pouco Power, I guess...
Continuam os "tirones" ao lado, certamente muuuuuuito inocentes como sempre!
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Cristina,
pois Brando em minha defesa essa ligação ao blogue da Marília, que me valeu críticas por do mesmo não fazer em casa própria. É o que digo sempre - devemos deixar o cuidado de tratar os assuntos a Quem seja capaz de o fazer melhor.
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Marília,
uf! Já estava com receio de me ver apedrejado, o que, como calhau que sou, seria chover no molhado.
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Ana,
é que não sou especialmente dotado para o tiro(ne) ao bonecO...
Bah, Freguesas Complicadas, heim? Veja lá se a das bonecas é tão desdenhante...

mike disse...

Já somos dois, Caro Réprobo, quanto à irritação que a beleza de Betty Grable causa.

Júlia Moura Lopes disse...

beleza?? brrrrrrrr

O Réprobo disse...

Meu Caro Mike,
é um azar dos Diabos, mas não lhe vejo profundidade no olhar, as maçãs do rosto estão um pouco acima do que gosto, o queixinho parece-me um tanto incompatível com a boca. E, no entanto, não tem feições incorrectas. Dá impressão é que as peças foram mal montadas.
Abraço

O Réprobo disse...

Querida Júlia,
eu também me arrepio, mas ela teve uma saída...
Beijinho