terça-feira, 8 de julho de 2008

Quem Bebeu Beberá

Depois de confessar ter na vida conseguido o êxito empresarial à custa de compra de autoridades, será prudente para a verdade desportiva deixar que o Sr. Abramovich seja proprietário de um clube de futebol? Não será confiar demais na firmeza do sistema desportivo deixá-lo à mercê de comprador sem escrúpulo e impenitente?

15 comentários:

Once disse...

o título não podia estar melhor :) .. e estranho a confissão do senhor .. cheira-me a que se prepara para repetir a façanha que uma vez confessada não dará azo a condenação .. tardia .. :)

Anónimo disse...

Se todos os inescrupulosos forem impedidos de dirigir o futebol, não haverá mais futebol! Aqui no Brasil, pelo menos, estou certo de que nem um clube nem a CBF terá dirigentes!

Cristina Ribeiro disse...

E não é que o senhor anónimo tem razão? Foi precisamente essa a conclusão a que chegámos, quando, durante o almoço, o assunto veio à baila...
Beijo

ana v. disse...

Também ouvi a notícia, e concordo: quem restaria no futebol, se prendessem os corruptos?
:(

marilia disse...

aliás, muitos setores alcançariam a estagnação se fossem os corrputos proibidos de atuar.

Mas talvez fosse uma boa idéia, tanto o esporte como todos as outras atividades envolvidas findariam por encontrar um caminho longe da corrpução...

O Réprobo disse...

Querida Once, neste momento creio que a dita confissão beneficiará, na medida em que passe por colaboração com a Justiça na depuração dos funcionários da fase de transição.
Beijinho

O Réprobo disse...

Caro Anónimo,
está assim tão mau? Olhe que por cá também não anda grande coisa e o Seu argumento é tristemente usado por muita gente quanto a autarcas, género "eu quero lá saber que ele coma o dele, desde que me faça obras na rua"... O problema, claro está em a expressão "comer o dele" não corresponder à realidade, que é um banquete à custa do que é de todos os outros.
Abraço

O Réprobo disse...

Ai, Cristina, já estou a ver campanhas para a presidência de clubes com slogans: "Só eu posso fazer do clube campeão. Sou o que tem mais currículo na corrupção".
Beijo

O Réprobo disse...

Querida Ana,
a Verdade Desportiva, talvez? Ela vem andando um tanto KO, mas ainda pode ter um regresso em força, esperemos. Seja como for, o ponto é não pôr à bica quem é propenso a esses ataques, assim como vedar aos pedófilos a profissão de auxiliares educativos...
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Marília,
fez-me lembrar um sketch do Jo Soares, de há 30 anos, em que a cada meia frase pronunciada ele gritava para o lado Corruuuuu! Corruuuuuu!
Beijinho

Anónimo disse...

Não conhecia a expressão "comer o dele", Réprobo. Aqui no Brasil se diz com mais crueza: "rouba, mas faz". É claro que não concordo com a permissão que alguns dão à corrupção, baseando-se nos tristes fatos que podemos diariamente constatar. Mas não nego os fatos: a realidade resiste às minhas esperanças! Por isso deixei de ser um fã de futebol. Também por isso, não sei se neste ano votarei nas eleições municipais...

Anónimo disse...

Cara Cristina,

Do jeito que escreve, parece espantoso que eu uma vez tenha razão! :'(

beijos

O Réprobo disse...

Caro Amigo do Brasil,
como O compreendo. Também por essas já deixei para outros as votações. E, igualmente, já gostei mais do Futebol do que gosto hoje, em que lhe prefiro o Atletsmo, apesar de sujeito a outra horrível adulteração, o doping.

Não acredito sequer por um momento que fosse essa a intenção da Cristina. Certamente quis evidenciar a coincidência milimétrica das conclusões de Ambos.
Abraço

Anónimo disse...

Caro Réprobo,

Eu quis apenas provocar a nossa amiga. :)

Falando ainda da política, compartilharei com você uma fotografia cômica. Um dos candidados à prefeitura de São Paulo, ex-governador do estado, ex-candidato à presidência da República (tendo recebido quase quarenta milhões de votos), resolve fazer uma daquelas tradicionais fotos de biblioteca para a equipe de reportagem que visita sua casa, mas encontra uma pequena dificuldade, falta-lhe a biblioteca!

Veja aqui:

http://noticias.uol.com.br/album/080706candidatos_album.jhtm

Infelizmente não há link direto para a imagem, então clique na terceira miniatura, da esquerda para a direita. Eu me pergunto se ele terá conseguido ler todos os seus livros... Mas já é alguma coisa, pois o país que é presidido por um analfabeto preguiçoso!

Quero destacar que, se for eleito, o que é quase certo, esse candidato certamente deixará a prefeitura em 2010 para concorrer ao Senado ou ao Governo do Estado novamente, e a cidade ficará nas mãos do vice, um conhecido bandido (por razões profissionais conheço bem o vice escolhido pelo candidato, mas parece que os outros eleitores não são tão bem informados).

O Réprobo disse...

Ui, então, Caro Amigo, é estar entregue aos bichos, coisa eminentemente tornada possíivel graças às facilidades (para eles) de acesso democráticas.
Realmente uma colecção livresca pobrezinha, mas compensada com a pose em plea acção, mostrando que os volumes não devem ser só cenário...
Abraço