quarta-feira, 11 de julho de 2007

Fé, Paz, Tradição

No momento em que o Mundo Ismaelita celebra o aniversário da entronização do príncipe Karim Aga Khan, convém salientar como esta ordeira Comunidade, com presença importante em Portugal, por via moçambicana, pode ser dada como exemplo ao Islão em geral e aos Xiitas em particular, no sentido de um Grupo cioso da sua individualidade e diligente na sua impermeabilização a influências exteriores poder perfeitamente canalizar as suas sinergias para o respeito do que os rodeia e para o altruísmo no que toca aos seus Pares.
A fotografia é em Lourenço Marques, 1958.

2 comentários:

Cristina Ribeiro disse...

Caro Paulo,
sempre vi nos extremismos,venham de onde vierem,o mal de qualquer sociedade.
Também aqui os moderados sofrem com os excessos dos islamistas,levando a que,com uma facilidade desarmante,todos sejam metidos no mesmo saco-é a velha história:o inocente paga pelo pecador,porque os há,os racionais,equilibrados.
Beijo

O Réprobo disse...

Querida Cristina,
por isso sempre tenho tido o cuidado de apenas me colocar como opositor dos degenerados fanáticos que tentam fazer do Islão um terror permanente, louvando, ao mesmo tempo, Aqueles que não alinham pelo triste diapasão da violência, como no caso.
Beijo