sexta-feira, 6 de julho de 2007

Semi-Breves

Muito barulho para nada? Descontando a possibilidade de uma concertação para gerar subidas na Bolsa, claro. A notícia que interessaria colocar em primeira página seria Chinês No Ataque do Benfica. O Yu Dabao, evidentemente. Entretanto, ficamos com a confissão berardesca de que a concepção de "Mercado Livre" que tem é a Proteccionista. Nada que choque um velho corporativista como eu. Mas de deixar muito liberal coerente com os cabelos em pé...
*
É interessante ver os papéis invertidos: o líder radical dos extremistas cercados na Mesquita Vermelha paquistanesa exibido a apelar aos seus para que se rendam, precisamente o que é costume ver os reféns tomados pelos das suas bandas obrigados a fazer.
*
Um novo verbete linguístico:
vitimizar= verbo que significa querer, em face de uma decisão judicial, reposta no plano político a situação degradada por outra iniciativa de uma magistratura. Neologista: Miguel Macedo.
*
O Dr. Manuel Monteiro diz que Costa e Carmona - não, não eram o Afonso e o Óscar Fragoso - fizeram um acordo secreto. Tomando o Novo Democrata pela sua palavra, saberá dizer-nos se o denunciado entendimento é para manter, caso o Segundo obtenha mais votos do que o ex-Ministro? Caso em que a manobra de propaganda poderia dar em feitiço virado contra o Feiticeiro...
*
O que a Juventude não faz por roupa nova! Só li o título...

2 comentários:

Rudolfo Moreira disse...

Achei engraçado que os inquiridos na rua pelas televisões acreditassem ser o grupo chinês parecido com as lojas que encontramos em cada quarteirão.

O Réprobo disse...

Meu Caro Rudolfo Moreira,
cada um encontra as semelhanças com o que conhece. E talvez para o mainstream supporter seja muito mais palpável a ameaça ao pequeno comércio que o rodeia do que o Mundo distantemente obscuro dos investidores na bolsa.
Abraço