domingo, 15 de julho de 2007

Libertações

Cruzados Perante Jerusalém de Wilhelm von Kaulbach

15 de Julho como baliza da tomada de Jerusalém pelos Cruzados. Libertação do Culto de Cristo de sujeições vergonhosas que não se cingiram às perseguições de Hakim, como a marca distintiva, tão bem censurada aos hitlerianos que forçaram o uso da Estrela de David, mas esquecida nesses Muçulmanos que se haviam apoderado da Cidade Santa, na boa imprensa de que desfrutam, hoje. Ao apelo e acção populares sem eficácia seguiu-se a intervenção da Hierarquia militar com benção Papal, expulsando os ocupantes. Do saque fala-se sempre, voluntariamente omitindo que grande parte dele buscava géneros, dado os maometanos terem envenenado poços e animais, bem como se secundariza a desautorização pelos Dignitários, recusando a Coroa e portando-se coerentemente com os votos que os haviam afastado das terras e castelos donde provinham, quer dizer do gozo da produção dos respectivos factores. Lição da História - enquanto os Árabes do Cairo e de Bagdad se dividiam e lutavam entre si, os Turcos (Seljúcidas) representavam a ameaça maior. É bom lembrar.

8 comentários:

Cristina Ribeiro disse...

Olá Paulo!
Bom Fim de Semana?
Este seu post trouxe-me à memória a entrevista que li,logo de manhã,do nosso Nobel a desculpar os ataques terroristas dos fundamentalistas islâmicos pelo que os Cruzados terão feito aquando dessa libertação.
E eu que tentei esquecer o que o iberista desbobinou,e vem agora o Paulo recordar-mo...
Beijo

O Réprobo disse...

Ai, Minha Amiga. Muito cheios, estes dias.
Quanto ao laureado pelas mãos suecas, por que será que ele não mencionou terem as Cruzadas apenas tentado libertar terra antes invadida pelas hordas islâmicas e nunca as que, como a Península Arábica, haviam transitado do politeísmo para o maometanismo? Mistério!
Beijo

cristina ribeiro disse...

Pois,Paulo,isso é logo o que vem à cabeça,e que Oriana Fallaci perguntou também,com os resultados que todos sabemos.

Mas nessa entrevista,onde a "afamada simpatia"do indivíduo transpareceu mais uma vez,indignou-me sobremaneira a apologia da integração de Portugal numa Ibéria.Apetece dizer:portugueses como este,o País dispensa-os bem!

O Réprobo disse...

Eu só tenho pena da simpática População das Canárias, que tem de aturar aquilo...
Beijo

Rafael Castela Santos disse...

¡Exijo que los portugueses se lleven su propia mierda (también conocidad como Saramago) a casa y que se abstengan de exportar productos altamente tóxicos como este sujeto! Es bazofia iberista que contamina las Islas Canarias en grado sumo.

O Réprobo disse...

Meu Caro Rafael,
e não há ecologistas que acudam!
Eu, que não gosto de ver gente infeliz, endereçava-o de bom grado à Academia Sueca, que preza tanto este factor de seca...
Abraço

Terpsichore E. M. disse...

Nem será só lembrar...mas mais até, aprender...

O Réprobo disse...

A novidade misericordiosamente encontrada em tudo, é o contrário do cansaço, sempre associado ao já visto...
B