sexta-feira, 27 de julho de 2007

O Papel das Páginas

Em outro queridissimo ataque da maleita que A afecta, a generosidade, uma vez mais vem a T distinguir o coaxar indistinto desta alma condenada, dizendo que era um dos blogues que gostaria de ver em livro e instando-me a citar dez a que eu desejasse outro tanto.
Devo dizer que tenho muitas dúvidas de que a solenidade livresca não esmague o atrevimento bloguístico. Mas, como sempre, não me furto. Abstenho-me de devolver a gentileza porque estava a Remetente acabadinha de ser nomeada.
Assim:

Dragoscópio - não tem dúvida, ninguém consegue dizer tanto mal tão bem e ainda ser generoso para com o réprobo. As chamas que lança alimentam sempre este Inferno. Já deu o passo decisivo, editando-se em forma de volume. Espera-se uma BD pelo Engenheiro Ildefonso Caguinchas.

Nova Frente - Outro que não oferece dúvidas. O Pena de Ouro da blogosfera Nacional, chamou-Lhe o Mestre Manuel Azinhal. Também já deu o passo de gigante para a impressão, em todos os sentidos.

O Jansenista - Palavras para quê? É O Artista Português.

Bomba Inteligente - Qualquer dos estilhaços Dela faz pensar, deliciando e reconciliado com o Mundo. Imagine-se folheando!

Miss Pearls - Ainda não está em livro, mas sim em jornal prestigiado. É um princípio de vida. Refinamento e afecto servidos por grande prosa. Quem pode querer mais?

Je Maintiendrai - O Gosto, a Erudição e o Tacto. Tudo o que qualquer escritor gostaria de ter.

Último Reduto - Um estilo fabuloso servindo saber e humor. Anda preguiçoso. Quem sabe se a tipografia não O traria de regresso à Terra?

Horizonte - Profundidade e opiniões próprias, o que mais escasseia nos livros que vão saindo.

Cocanha - O Ideal. Quem não quer aprender, divertindo-se? Só Aqui, nesta quantidade.

Combustões - A prova de que a Qualidade e a geografia não-banalizada de opiniões podem tocar as massas.

18 comentários:

Anónimo disse...

e a imagem?

cristina ribeiro disse...

Paulo,
não tem nada a ver com o postado,só lhe queria perguntar se quer que leve alguma mensagem para as margens do Lima,para onde vou agora,procurar alimento nas paisagens que encantaram Diogo Bernardes(é pena não ir daqui a uns dias,ou ainda daria um saltinho a Ponte de Lima,para assistir ao Festival de que T fala no "Dias Que Voam :) )

(Ah!sou 55% viciada :) )
Beijo

pl disse...

Como em tudo, há a excepção que confirma a regra. Nove Magníficos em dez! Extraordinária performance.
O 'outro' não está à altura!
Sr. Réprobo, nem precisa de “responder” ao comentário, embora saiba que a sua educação assim o "obrigava".
Uma boa tarde.

T disse...

Pois é, deve ser um festival e peras, Cristina:)
Bom passeio e um beijinho

O Réprobo disse...

Não sei dar pormenores, Caro Anónimo, encontrei-a em «Slouching Towards Gomorrah», do Juiz Robert Bork, uma vítima da vigilância abortista dos senadores nirte-americanos da maioria de então. Achei-a ilustrativa do que poderia acontecer a bloguistas que arriscassem editar-se em livro. Mas não a Estes que cito.

O Réprobo disse...

Bom descanso fluvial, Querida Cristina. Ah, então os receios da Sua Família eram manifestamente exagerados.
Beijo

O Réprobo disse...

PL,
já se sabe que gostos - no critério, nem tanto na exteriorização - são como o desespero do poema de Gedeão: cada qual tem o seu, pessoal e intransmissível. Com ele se entretém e se julga intangível.

O Réprobo disse...

A T está cheia de vontade de fazer uma visitinha...
Bjs. às Duas.

Je maintiendrai disse...

O Réprobo ataca novamente! Cá vai um abraço cheio de pó de talco... perdão, de tacto.

O Réprobo disse...

Caríssimo JM,
esta peste não tem emenda, quer ter na respectiva posse, sob forma de livro, toda a escrita que estima...
Ehehehehehe, pelo talco. Não era caso para tanto, a Escrita de Vossa Senhoria nunca ficará seca!
Abraço

FSantos disse...

Um abraço de agradecimento pela indulgência para com o meu tasco. O que eu tenho aprendido nos teus blogues não é coisa pouca, ainda por cima servida com uma visão "real". Bem hajas.

O Réprobo disse...

Indulgência? Hum, será que o dicionário a consagra como sinónimo de gratidão?
Essa é o que sinto para como o «Santos...» e para com a Linha até onde os olhos abarcam. Devo dizer que sinto um certo mal-estar por não ter elencado o «Pasquim da Reacção». Mas Aquilo não é um blogue, é um livro camuflado, logo não pode tornar-se o que já é.
Abraço

Anónimo disse...

Não há muito a dizer. Um pequeno retoque para alcançar bandeira azul e uniformidade olímpica: era só retirar o Dragoscópio e introduzir o "Afinidades Efectivas".

Entretanto, não se admire o caro e caridosíssimo amigo se lhe aparecer por aqui o Engenheiro Ildefonso Caguinchas, algo ofendido, a inquirir-lhe se o acha com cara de Rato Mickey...

Abraço

Dragão

MissPearls disse...

Sempre tão simpático Paulo .
Obrigada por me ter colocado ao lado desta gente toda que escreve realmente bem. Muita generosidade da sua parte
Um beijinho
e até breve
Isabel


PS- Ainda bem que não é apocalítico mas sim integrado.:)

O Réprobo disse...

Excelentíssimo senhor Dragão,
Sempre amável, que, como maavilhoso, imagino que não aceite. Mas já e sabe que o lugar cativo nos sonhos editoriais está pelo Flamejante Alado garantido. Ah, quanto ao Indiscutível Engenheiro, o papel destinado era mais o do Walt Disney...
Abraços a Ambos

O Réprobo disse...

Querida Miss Pearls,
Eu bem tinha tentado largar a deixa para Alguém ligar à célebre contraposição. tinha de ser a Cultura e Oportunidade da Isabel a fazer das Suas...
É, porém, caso para dizer "Integrado mas sem abusos".
Beijinho

zazie disse...

Tão querido!

Há alturas que o que se aprende não é nada recomendável

";O))

Beijoca

O Réprobo disse...

No Cocanha? Estamos sempre a descobrir o que perdemos até aí, o que Lá nos é ensinado passa a bem de primeira necessidade num ápice.
Beijoca, Zaz