sexta-feira, 27 de julho de 2007

Sinto-me no Céu

Há dias em que tudo parece correr bem: Madaíl portou-se como um homenzinho e demitiu o mais incompetente dos seleccionadores das camadas jovens que tivemos. José Veiga voltou a apartar-se do SLB. E um dos reforços anunciados para o Benfica é este miúdo que me encantou, no último campeonato do escalão. Sei que não é bonito misturar Desporto e Religião. Não perco até de vista que os simpáticos fanatizados que rezam pelo sucesso das suas equipas estão a pecar contra o Espírito Santo, na medida em que solicitam uma intervenção sobrenatural num jogo, subvertendo-o, logo pedindo a Deus uma batotice. Mas quem poderá levar a mal a um velho católico que goste de ver defendendo o seu emblema alado alguém com o nome "Anjo de Maria"?
Além disso, este blog rejubila por outras razões - os novos reforços lembram duas Comentadoras idolatradas nesta casa, a Maria, pelo exposto; e a T, através de DIAZ Que Voam...

20 comentários:

a voz disse...

O "ramalhete" está a compor-se...

Saudações Benfiquistas!

T disse...

Lá terei eu que ir perceber quem é o Diaz! Risos.
Beijinho

O Réprobo disse...

Este Di Maria, Meu Caro Mário, não engana. Resta saber se terá, aos 19 anos, traquejo para entrar de rompante na equipa. Há, contudo, um antecedente propiciatório: Chalana tomou a esquerda do nosso ataque aos 17. E este Angel joga, preferencialmente, pelo mesmo flanco, apesar da alardeada polivalência...
Abraço

O Réprobo disse...

Querida T,
Sportinguista, mesmo que distante dos azares da bola, sofre!
Beijinho

T disse...

E quem é sportinguista?
Bjo

O Réprobo disse...

Uuuuum, suspeitei, suspeitei...
Beijinho

T disse...

Não sou sportinguista:)
Beijinho

O Réprobo disse...

Ah, a Perfeição ainda não está comprometida!
Beijinho

T disse...

Ora adivinhe, se conseguir! Risos
Bjo

O Réprobo disse...

Deixe ver, deixe ver. Queria-A Benfiquista, o único clube que A merece. Mas como me chamou certa vez "seu monárquico benfiquista" como Quem queria insultar em dose dupla... será Belenense?
Bj.

T disse...

Eu chamei-lhe assim? Mea culpa, sou uma destrambelhada:) Sou um bocadinho Belenenses, perdem sempre mas é uma tradição familiar, e sou um bocadinho de outro clube.
Bj

O Réprobo disse...

Bem, já acertei metade...
Essa do perdem sempre é que pode gerar reacções menos cordatas do FSantos e do Pedro Guedes...
Será Águia? Lisboeta, não Alcantarense, põe o Atlético de fora...
Beijinho

T disse...

Não, mais a norte. Eu sou nortenha, claro está. Mas não é o Porto.
O Belenenses perde sempre, assim o ouvia ao meu pai que era um adepto leal do clube. Embora com a mesma dualidade que eu:)

Maria disse...

"... Comentadoras idolatradas nesta casa, a Maria,..."

Estar-se-ia a referir à minha humilde pessoa? Por certo que não, mas se porventura o estava, nem sei onde me meter perante semelhante ilogio! Minha nossa!, como diriam os nossos irmãos brasileiros. Mas sinceramente não o creio e porque há mais marias na terra (estou a brincar... ou talvez nem tanto, o Paulo também perceberá esta afirmação) aquela a que se refere neste seu textozinho
é claramente outra (ilustre, essa sim) comentadora.
O Paulo é que deve ser idolatrado pelo que aqui escreve todos os dias.
Não deixo de por cá passar quando estou em Portugal e tenho mais um bocadinho de tempo para ler o que escreve - it's a must - e hoje aproveitei para ler uma quantidade de textos, porque entretanto estive fora. Dei um pulinho aos E.U. por causa de uma encomenda que decidi aceitar. Saberá a que me refiro e a pessoa em causa é alguém do meio que o Paulo bem aprecia. O pior está para vir, isto é, um resultado que me agrade totalmente, eu que tenho a mania das perfeições, mas enfim... É que, segundo um critério estabelecido no século XVII (se não estou em erro) por doutos na matéria, aquele a que sobretudo me dedico é o segundo de mais difícil execução na escala dos quatro considerados, mas é aquele que mais me atrai justamente pela dificuldade de execução. Já viu bem no que me fui meter? Pergunto-lhe, porque o Paulo percebe e bem da poda. E se lhe dissesse de quem se trata, ainda ficaria mais admirado.

E então - agora noutro plano - para quando o que lhe prometi? Não me esqueci nem o poderia ter feito. Olhe que eu tenho um conceito de honestidade de tal modo elevado (não tenho culpa, sigo à risca as normas pelas quais fui educada) e digo-o sem ponta de vaidade, que tudo o que prometo faço os possíveis e os impossíveis por cumprir, salvo algum motivo de força maior que mo impeça.
Cumprimentos, Paulo.
Maria

O Réprobo disse...

Querida T,
Ah sim? Tanto amor por Lisboa fez-me pensar numa Alfacinha de Gema.
Bem, outra Vimaranense, para além da Cristina?
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Maria, claro que era de Si que se tratava. Anda sempre cá e lá, o Atlântico está para a Maria como o Tejo para muito boa gente na Grande Lisboa...
Um assunto do qual eu percebo? Agora é que ardo em curiosidade, nem concebo qual seja.
E, sim, também espero com ansiedade o devido porque pometido, ehehehehehe.
Obrigadíssimo pelas Palavras, Amigas como sempre.
Beijinho

T disse...

Não...Sou da terra do meu escritor português favorito.
Bj

O Réprobo disse...

Poveira?
Bj.

Maria disse...

Paulo, desculpe-me o ter escrito 'elogio' com um "i"!!! Que horror! Deve ter sido de ainda não ter descansado o suficiente após a viagem d'avião, eu acho. Também é certo que escrevi o comentário quando ainda não havia tomado o café após a refeição...
Maria

O Réprobo disse...

Ora, Maria, é a digitação! Que grande pianista, na respectiva carreira, não trocou uma tecla por outra?
Beijinho