segunda-feira, 2 de julho de 2007

Homenagem a um Bibliófilo

O Mário, no magnífico Blogue A Voz Portalegrense, entendeu louvar-me por um alfarrábio aqui ontem exposto. Devo dizer que quando leio, privilegio em absoluto o conteúdo, podendo a ele aceder tanto em raridade como em livrito de formato reduzido e reprodução massificada. Fotocópias é que não!, Gosto de manejar o objecto livro, como o rapaz ao lado...
Dito isto, também não posso manter-me exageradamente nesta seráfica invulnerabilidade ao sabor especial que podemos apreciar ao folhear, com cuidado que estimula o outro, do mesmo jaez, na leitura. É assim que quero dedicar ao Amigo Supra-Citado, que teve a bondade de encomiar os meus calhamaços, esta reprodução do pedido de licença e despacho de obra que ando agora a ler: os «Diálogos de Vária História», de Pedro de Mariz, em maravilhosa edição quinhentista.

4 comentários:

a voz disse...

Caríssimo Amigo

Quem sou eu ao pé de Vossa Senhoria?
O gosto pelos Livros, o Glorioso, “juntam-nos”, agora a Sua Erudição “afasta-nos”…

Cumprimentos.
Mário

T disse...

Amigos e livros, dois dos meus afectos predilectos.
Beijinho.

O Réprobo disse...

Quem sois, Excelência? Caríssimo Mário tenho ficado a salivar com o que transparece da Vossa excelsa biblioteca!
SLB sempre! Talvez estejamos perante um novo "milagre de Rosas". Encomendemo-nos à Rainha Santa Isabel

O Réprobo disse...

E, Querida T,
a vinda a este lugar de minha perdição fá-La entrar nas Duas Categorias: a Amizade como motivo generoso da vinda; o outro item porque cada comentário revela o livro aberto que é...
Beijinho