quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Apetência Dispara(ta)da

Em 16 de Janeiro de 1919 saiu a triste lei com o nome e a pompa de 18ª Emenda à Constituição Americana, que inaugurou 14 anos de terror, em que o álcool foi elevado a fruto proibido, só sendo permitido para uso médico, conforme a prescrição infra. Parece-me que a interdição do fumo em recintos fechados, mais dia menos dia, poderá vir a beneficiar de excepções similares, tantos serão os colapsos nervosos e maleitas psíquicas que o exigirão. Mas a História ensina que só a luta de rua conseguiu fazer retroceder legisladores sem jeito, os que se barricam na incompreensão das pequenas fraquezas humanas...

8 comentários:

Carlos Portugal disse...

Bem, Caríssimo, tanto quanto sei, nunca se bebeu tanto álcool nos E.U.A. senão durante esses famigerados 14 anos de «Lei Seca»...

Ou, como cantava a Joan Baez:

«Get you a copper kettle
And get you a copper coil
Cover with new cut corn mash
And never more you'll toil

Chorus:

You just lay there by the juniper
While the moon is high
And watch them jugs a-fillin
In the pale moonlight

Build your fires of hickory
Hickory or ash or oak
Don't use no green or rotten wood
They'll catch you by the smoke

(Chorus)

My daddy he made whiskey
My granddaddy did too
We ain't paid no whiskey tax
Since Seventeen Ninety Two

(Chorus) »

«They'll catch you by the smoke»... Até isto é actual, embora por razões diversas, hehehe...

Abraço.

T disse...

Fiquei com sede:)

O Réprobo disse...

Meu Caro Carlos Portugal,
daí a apetência infrene mencionada em título. Aliás, o abastecimento foi pretexto para associativismo criminoso de que nunca mais se livraram.
Abraço

O Réprobo disse...

Querida T,
Não seja por isso. Vai um copázio?
Bj.

TSantos disse...

O que eu contesto, na actual lei do tabaco, não éo princípio em si, é a hipocrisia subjacente: proibe-se o fumo em quase todos os espaços fechados (para já, apenas públicos...), a bem da saúde pública, mas não se acaba com a venda de tabaco, mesmo nesses espaços (pudera, cerca de 3% dos impostos que o estado arrecada anuamlente provêm daí...)

Isto, claro, sem falar no "draconianismo" da lei que, na prática (ainda que não em teoria), inviabiliza a existência de espaços onde se possa fumar...

Enfim, é mais uma lei típica deste governo "socialista" que nos calhou em sorte...

O Réprobo disse...

E comparando com os gangsters de Chicago, Caro TSantos, vemos que a organização mafiosa que aqui lucra com a venda do tabaco ocupa o Poder. Isto é que é gestão!
Abraço

tsantos disse...

Pois é. Mas eu ainda tenho esperança de que o chico-espertismo tuga "vire o bico ao prego"...Segundo tenho apurado, a maior parte dos comerciantes afixou o letreiro vermelho só para não ter chatices com a ASAE, mas está à espera de ver em que param as modas...

O Réprobo disse...

E como as directivas hierárquicas apontam para a prioridade de inspecção aos azuis (letreiros, sosseguem os adeptos do Belém), manda-se o inspector direitinho para a porta do vizinho.
Abraço