terça-feira, 22 de janeiro de 2008

O Oito e o Oitenta

Dona T, uma vez que opta pela robustez em prejuízo da delicadeza do calçado, nada como recorrer às Botas de Sete Léguas, aqui na versão de um dos meus Autores de eleição. Permitir-Lhe-ão fugir a pares desastrados na dança que é a vida e chegar a qualquer ponto do Universo em menos de um fósforo... nada a que não esteja habituada com a net
Desenrasque-Se!

26 comentários:

T disse...

Outra vez as botas das sete léguas?
A Mzinha foi byucar a cadeira e está aqui ao lado.
A ver o que lhe consigo responder.
Bj

O Réprobo disse...

Não está a confundir com o protagonismo do Gato das Botas?
Bj.

T disse...

Facílimo. A pequenita concordou com a escolha. Ainda estamos a vê-lo:)
Bj

Capitão-Mor disse...

Pronto! Chegámos à sua área preferida...as botas!!! :)

O Réprobo disse...

Dona T, agora recorre a reforços? Olhe que as convenções internacionais proibem escudos humanos, por maioria de razão os que utilizem Crianças!

O Réprobo disse...

O pior, Caro Capitão-mor, é que os meus afectos em matéria de saltos não se refere a pulos...
Abraço

Capitão-Mor disse...

Mudando totalmente de assunto...para quando uns postais sobre os seus tempos de exílio no Brasil?

JuliaML disse...

isso,isso :-)

O Réprobo disse...

Oh, Meu Caro Capitão-Mor, eu era tão novito que não pude aproveitar essa Bela Terra como gostaria!
O que não teria gozado com mais dez anitos em cima!
Abraço

O Réprobo disse...

Querida Júlia,
as memórias de um fedelho seriam fatalmente desintressantes...
Deixe-me voltar lá e dir-Lhe-ei...
Beijinho

T disse...

A reforço de peso. Que ela tanto lhe dá para abraços como para dentadas:)
E nós não somos de convenções:)
Exílio? O senhor das Botas tem costeleta brasileira:)
( e eu tb),
bj

O Réprobo disse...

Querida T,
mas o exílio que o C-M refere é independente dessa ancestralidade.
Bj.

JuliaML disse...

oh. Paulo, psrece os homenzinhos lá de Trás- os-montes que vão ao Brasil só por há lá brasileiras!!!..

T disse...

Ora bem Júlia...e alguns acabam mal coitados.
Caro: Se tem ancestrais, não é exílio...Quanto muito seria um retornado:)

JuliaML disse...

:-)

Querida T, "ele" há casa história...
O que vale, é que nós conhecemos o Paulo e sabemos que ele nunca iria ao Brasil por causa das brasileiras. Aquilo é só bla,bla de bloguista. ;-)

beijo aos 3

T disse...

Porque não? Há brasileiras muito interessantes.
Bjs

JuliaML disse...

uma minoria, Querida.

O Réprobo disse...

Querida T, não tenho ancestrais braileiros. O meu Bisavô é que teve dois casamentos, sendo um - que não com a minha Bisavó - com uma Senhora Brasileira, quando era cônsul da Argentina em Pernambuco.
Ponto de não retotno, logo.
Bj.

O Réprobo disse...

Querida Júlia,
Assim como se diz que "era uma Mulher de ir a pé a Fátima por ela e voltar", diria eu que há Brasileiras de se atravessar o Oceano a nado e gostar. Não me tente!
Beijinho

JuliaML disse...

quem era? já não sei de quem falavamos...

ps- estava a provocar,sim :-)

T disse...

E brasileiros MUITo interessantes:) Subscrevo.
Ancestrais por afinidade ou isso:)

Capitão-Mor disse...

Estava longe de imaginar que iria provocar um debate deste calibre...

O Réprobo disse...

E se quer mudar o assunto, Menina Júlia, mas não demasiado, concedo, que tem a declarar ao nome de Adriana Lima, heim?
Beijinho

O Réprobo disse...

Meu Caro Capitão-Mor,
é a chave para entender o Mundo: sempre a vermos forças imprevistamente despoletadas...
Abraço

JuliaML disse...

Menino Paulo,

Não sabia quem era e só há pouco fui ver ao google.


beijinho

O Réprobo disse...

Vou já servi-La melhor, Querida Júlia.
Beijinho