sexta-feira, 20 de junho de 2008

Olhó Balão...

...em noite de São João! Talvez por já estarmos próximos, a Ana Vidal anuncia esta intenção. Pois eu contraponho o publicitário desenho de Timberps, por o achar elucidativo das minhas reacções a Respeito: para ir atrás Dela, poria facilmente de parte o enraizamento que não me deixa sair do lugar em que estou. Mas, a bem dizer, é o que a Companhia da Balonista já vai fazendo - o milagre de elevar-me.

12 comentários:

fugidia disse...

:-)))

Está muito parecido, sim senhor! Gosto sobretudo dos passaritos nas raízes...
(muitos risos)

cristina ribeiro disse...

"Viva o Santo António,
Viva o São João,
Viva o dez de Junho
E a Restauração"

...e melhor ainda se for de balão...
Beijo

O Réprobo disse...

Percebo, Querida Fugidia, cativa-A pensar os Amigos como dispondo de uma nota de alegria assente nos respectivos fundamentos!...
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Cristina,
o gosto pels História pode bem começar pelo culto dos feriados, isto é, da festa, de que o balão também é insígnia.
Beijo

ana v. disse...

Já fico contente, caro Paulo, por saber que consigo "abanar-lhe as raízes", às vezes...
(risos)
Beijinho

O Réprobo disse...

Abanar-me? Querida Ana, diga antes arrancar-me pelas ditas à vida vegetativa!
Beijinho

ana v. disse...

Então ainda bem, Paulo!
Quando vir passar ao lado do meu um balão com raízes, já sei quem é...
Beijinho, bom fim de semana!

O Réprobo disse...

E para melhor identificação, Querida Ana, acenarei muitas vezes com todas elas, que é maneira de retribuir em dose dobrada o voto.
Beijinho

fugidia disse...

Tenha cuidado com os passaritos, Rép.... não convém.. hã... abanar muito :-)))

O Réprobo disse...

Ora, eles estão, literalmente, no seu elemento. E se pensa que me fazem o ninho atrás da orelha, digo das raízes...
Beijinho

Júlia Moura Lopes disse...

Isso � que se chama de levantar raizes :-))

Que mal lhe pergunte, para onde o leva o bal�o, sem o elemento fogo, Querido Paulo?

inhos

O Réprobo disse...

Pronto, estou de rastos! A Júlia acha-me sem chama! Se é por causa dos incêndios florestais, posso garantir cuidado extremo para não queimar que não devo!!
Mas o meu calor humano deve dar para balonar.
Beijinho