segunda-feira, 30 de junho de 2008

Cada Cor, Seu Paladar?

Uuuuf! Queridos Leitores, foi um dia que não desejo a quem quer que seja. Mas ficaria mal com a minha consciência se não viesse ainda cá comentar a estranha descoberta científica que dá Marte como terreno aceitável para o cultivo de espargos. Na minha ignorância pensava que não bastaria a qualidade do solo, que a pressão derivada das dimensões do planeta também influiria. Mas uma vez que não é assim, estou já a imaginar a exploração propagandística de quem queira comer no mais in que possa, através da promoção de Espargos de Marte, os únicos que os atentados anti-ecológicos não estragaram.Mas há mais, ganha uma nova plausibilidade a conexão dos homenzinhos verdes aos extra-terrestres sintetizados no termo Marcianos. Simplesmente, o look passará a ser mais literalmente cultivado, quem sabe se motivo para uma nova estação da Moda, colhendo na popularidade crescente do vegetarianismo. A sede de novo a exibir está bem expressa na insatisfação que, afinal, é de si, como se tira de Mestre Drummond, nesta belíssima lembrança da Marília.
O que me deixa angustiado é a significação clubística de um verde insuspeitável no que até agora se conhecia como Planeta Vermelho. Cruzo os dedos para que se não trate de uma preparação psicológica para tomadas de posição leoninas no que ao Glorioso Sport Lisboa e Benfica pareça pertencer. Além de notar o péssimo gosto de pintar das cores da bandeira republicana um astro indefeso.

10 comentários:

Cristina Ribeiro disse...

Tinha de vir a alfinetada, tinha? :)
Beijo

O Réprobo disse...

Querida Cristina,
alfinetad... inha.
Beijo

fugidia disse...

:-) :-) :-)
(risos)

Já lhe disse que gosto de o ler, Rép? :-D

ana v. disse...

LOL.
Hão-de dar uns bons "revueltos marcianos", tenho a certeza...
bj

O Réprobo disse...

Querida Fugi,
e será tudo simpatia pelo estilo, ou heverá dedinho de afinidade clubística à mistura?
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Ana,
é o Futuro. Ainda vai ter de criar blogue dedicado.
Beijinho

Rudolfo Moreira disse...

Lamento muito não poder provar uns morangos do outro mundo.

Luísa disse...

Note, meu caro Réprobo, que só o verde (e o azul, concedo) viabilizam esta vida, na Terra, em Marte, onde quer que seja. Onde há encarnado, só vejo aridez... :-D

O Réprobo disse...

É que, Caro Rudolfo, com o aspecto do Planeta, como poderia pretender frutos silvestres?!
Ab.

O Réprobo disse...

Credo, Querida Luísa! Em fase de negação interior? Do que Lhe corre nas veias, claro.
Beijinho