terça-feira, 20 de maio de 2008

Golo a Golo...

Pronto, não sou um português típico. Há muito que o sabia. Na minha juventude, em anos mais produtivos, já um Velho Amigo me perguntara se preferia assisitir a um jogo da bola, ou uma... actividade relacionada com o outro campo.
A minha resposta foi:
prefiro uma boa das outras a um mau jogo de futebol, prefiro um bom jogo de futebol a uma má das outras.
A espada inquiridora não se contentou enquanto me não viu como recheio da sandwich formada por ela e pela parede: - E se forem ambos bons?
E eu - aí, prefiro o jogo de futebol, porque a outra, em princípio, poderei tê-la duas horas mais tarde; e não gosto de desporto requentado.
*
Vale que me insiro quer entre os 73%, quer entre os 43% das respostas às outras questões.
Mas quem examine bem a forma como a notícia linkada está feita, poderá concluir que se trata de uma maneira encapotada de dizer que o Sexo é mais importante do que a Religião...

16 comentários:

fugidia disse...

E as mulheres? O que preferem elas, sabe, meu caro réprobo?
:-)))

ana v. disse...

Dou-lhe os parabéns pela imagem que escolheu, que não pode ser mais adequada. Que, aliás, me lembrou uma história que se passou comigo e uma "hipótese" de namorado: disse-me ele (achando que estava a fazer-me um elogio arrasador) que o seu maior sonho era estar comigo numa piscina aquecida e iluminada a velas, e... a ver o seu clube ganhar a final da taça!!! Ora, meu caro R.,... a última frase acabou com qualquer possível concretização desse sonho. Hoje lembro-me disso e acho graça, até me enternece tanta ingenuidade...
Beijinho

Rudolfo Moreira disse...

S. O pior é se o resultado futebolístico deixa em estado sem aproveitamento para o resto.

Nocas Verde disse...

Futebol... a minha perdição... a outra coisa? paixão. Até porque lá em casa, fruto talvez dos vinte anos que já nos unem, temos inúmeras private jokes futebolísticas na "outra coisa" e private jokes outrascoisísticas no futebol... fui clara? (risos embaraçados)

O Réprobo disse...

Querida Fugidia,
no meu tempo julgava sabê-lo. Mas vejo tanta garota a ir à bola (literalmente) com os irmãos, amigos e namorados, que já nem ouso opinar. A menos que decidamos como um Amigo Meu, ora desterrado em terras africanas: "elas fazem isso por causa dos rapazes".
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Ana,
estou solidário com o moço: então ele a procurar juntar as duas Coisas (perdoe-me o expediente de abrangência) de que mais gostava e... ao menos num desses campos, ficar, ainda antes do jogo, sem hipóteses de levar a Taça!
Beijinho

O Réprobo disse...

Aíé que poderia funcionar como afrodisíaco a velha noção de que derrota do SLB é o único pretexto válido para sova de cinto na parceira, Meu Caro Rudolfo Moreira. Mas não vamos por aí, esperemos que as coisas funcionem sem recorrer a esse lado sombrio.
Abraço

O Réprobo disse...

Querida Nocas Verde,
percebi, pelo escrito em casa do Mike, que a minha Amiga é Verde até na clubite! Raparigas Nocas, perdão Novas, é o que dá. Na minha geração, as Amigas mais antigas fartavam-se de queixar-se da distracção Delas que era o futebol e não só na vertente mais íntima.
Beijinho

ana v. disse...

Meu amigo, não gosto de vitórias ex-aequo nem de partilhar "taças" com clubes de futebol. Feitios...

O Réprobo disse...

A Ana é que era Taça, não me terei feito compreender...
Beijinho

Rosarinho disse...

Tenho uma amiga que começou a namorar num jogo de futebol em que a equipa do namorado ganhou qualquer coisa. Um ano depois, ele ofereceu-lhe, encaixilhado, um recorte da 1.ª página de um
jornal do tal dia, sobre o jogo, em que a manchete era "Espectáculo de Deuses"...
Apesar de o futebol me deixar totalmente indiferente, achei a ideia muito gira (enfim, uma bonita compensação pelo ferro de ir ao estádio ver a tal equipa).

filomeno2006 disse...

Amigo Réprobo: para un "diestefanista" por herencia, el fútbol terminó en 1966........
Ab.

O Réprobo disse...

Mas isso, Querida Rosarinho, é completamente diferente: é um subtil galanteio, chamar-Lhe Deusa, o que não creio seja muito comum na Juventude de hoje. Claro que é brilhante!
Beijinho

O Réprobo disse...

Meu Caro Filomeno,
o futebol é como o cinema, podemos lamentar que os actores mais competentes já não tenham a personalidade das estrelas de outrora, mas não deixamos de ver filmes!
Abraço

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.