sábado, 31 de maio de 2008

Um Bloguista Em Cuidados

Outra variante de A Doente e o Médico de Jan SteenRogo aos meus Leitores que perdoem a ronceira marcha da postagem de hoje, mas vivo as preocupações de ter a minha Mãe sob observação numa urgência hospitalar, depois de uma queda que nos assustou muito aos dois. As indicações dos exames, felizmente, desmentem receio de lesões graves, restando o doloroso de fortes traumatismos sobre fundo de anemia. Mas claro que quer a necesidade de acompanhamento, quer a angústia emergente, não são propícias a postais muito elaborados. Contudo, não havendo motivo de força maior, tentarei manter-me na vossa companhia.

27 comentários:

Luís Bonifácio disse...

Faço votos para que a sua mãe tenha uma rápida e bem sucedida recuperação.

zazie disse...

As melhoras da tua mãe, Paulo

beijinhos

Cristina Ribeiro disse...

Secundo os votos do Luís.
Depois de já cá ter vindo várias vezes, receei essa hipótese...
Beijo

Cristina Ribeiro disse...

P.S. E da Zazie, que chegou enquanto escrevia...

Luísa disse...

Tudo vai correr pelo melhor, Paulo. Um beijinho.

ana v. disse...

Um beijo e as melhoras, Paulo. Percebemos a ausência, claro.

O Réprobo disse...

Muito obrigado, Caro Luís Bonifácio, cala-me muito fundo o Seu voto.
Abraço

O Réprobo disse...

brigado, Querida Zazie, estão a hidratá-La, agora. Esperemos que haja sido só o susto.
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Cristina,
infelizmente não tenho, como tinha Santo António, o Dom da bilocação. Obrigadíssimo pela Amizade repetidamente reafirmada pela recorrente frequentação.
Beijo

O Réprobo disse...

obrigado pela Força, Querida Luísa.
Outro.

O Réprobo disse...

Querida Ana,
pois, quando este fala-barato se cala, não pode ser por boa coisa. Gratíssimo pelo voto

tsantos disse...

Paulo

Notícias da tua mãe?

Ab

T

Carlos Portugal disse...

Caríssimo Amigo:

Perturbado pela notícia, fiquei depois aliviado ao ler as Suas respostas aos comentários.

Aceite, da minha parte e da da minha Família, os mais sinceros votos de uma rápida e completa recuperação de Sua Mãe.

Um grande abraço

Anónimo disse...

Após vários dias sem vir por aqui e o Paulo já sabe, por falta de tempo para visitar mais do que dois ou três Blogs e nem todos os dias, mas igualmente por, juntando o útil ao agradável, gostar de ler muitos posts seus de seguida, eis que leio que sua Mãe sofreu um acidente! Mas o Paulo também já esclareceu que graças a Deus a queda não revestiu a gravidade inicialmente receada, digamos que foi mais o susto. Este porém, segundo depreendi, não deve ter sido nada pequeno, não.
Peço-lhe desculpa por só hoje ter tomado conhecimento deste seu problema, aproveitando para desejar rápidas e sinceras melhoras a sua Mãe.

Os meus cumprimentos Paulo.
Maria

Euro-Ultramarino disse...

Meu Caro Paulo,
que sua Mãe tenha um pronto restabelecimento.
Abraço amigo.

O Réprobo disse...

Meu Caro TSantos,
já está jantadinha. Daquu a pouco vou ministrar-Lhe a última rodada de medicamentos e deitá-La.
Abraço amigo

O Réprobo disse...

Caríssimo Carlos Portugal,
obrigadíssimo pela solidariedade, bem como pela dos Seus. Esperando que o pior já tenha passado, deixo-Lhe forte abraço

Rosarinho disse...

Um beijinho, Paulo. E outro para a Senhora sua Mãe.

O Réprobo disse...

Querida Maria,
pos foi em pleníssima adequação temporal que o soube, pois, embora a queda tenha ocorrido durante a noite, só hoje se desencadeou a saga hospitalar.
Beijinho muito grato de quem, realmente, passou um mau bocado, ao temer coisa pior

O Réprobo disse...

Meu Caro Euro-Ultramarino,
o Seu voto, fazendo do Longe Perto, cala-me fundo.
Abraço grato e apertado

O Réprobo disse...

Obrigado, Querida Rosarinho, é tónico para passar a página.
Outro

Júlia Moura Lopes disse...

As melhoras, Querido Paulo, que a queda não tenha de todo consequências. As anemias são aborrecidas, mas tratam-se bem..veja se sabem a causa da anemia,é importante.

beijinho

O Réprobo disse...

Obrigado, querida Júlia,
já cá tenho umas ampolas mágicas contra a dita. Vamos a ver é se A consigo fazer comer, o que não é a mais fácil das imcumbências.
Beijinho

Xantipa disse...

Ainda bem que tudo não passou de um susto.
A minha mãe tem 84 anos e sei o que são essas coisas.
Um abraço amigo

O Réprobo disse...

Querida Xantipa,
a minha tem apenas menos um, mas com vinte anos de saúde frágil em cima.
Muito obrigado pela solidariedade.
Beijinho

Once In a While disse...

Caro Amigo .. num mais vale tarde que nunca, que se prende pelo facto de ainda não ter esta geringonça no home sweet home .. acabo por perder coisas importantes.

Solidarizo-me dos Votos de todos formulando um de melhoras e saúde.

O Réprobo disse...

Obrigado, Querida Once,
espero que o pior já tenha passado, embora não negue que foi fim de semana difícil.
Beijinho