segunda-feira, 26 de maio de 2008

O Que é Que a Itália Tem?

Tenho a maior dúvida de que Scolari consiga, apesar do golpe dos sócios, motivar atletas e público como das outras vezes. E mesmo que esteja errado, há uma certeza. Nunca se estará perante tão grande infusão de querer como no Mundo Transalpino. Enquanto a Federação Portuguesa de Futebol continuar a ser mais papista que o Papa e estabelecer substâncias proibidas que não constam de interdições internacionais e às quais não se vergam os adversários, não vamos longe. Quem são os Campeões do Mundo, Quem são?

16 comentários:

fugidia disse...

Mas vamos torcer por eles, caro Rép.
E eu torno a pintar a cara com as cores da bandeira, sempre que houver jogo :-)))

(não calcula o furor que faço nos colégios das sementinhas...)

Ah!, boa noite :-)

Once In a While disse...

Nós obviamente .. que conseguimos furar a segurança apertadíssima de uma Selecção Nacional, invadir o campo em trajes menores e ainda agarrar uma das estrelas .. que espero, cadente (risos) .. ;)
Confesso que quando vi a etiqueta deu-me vontade de rir.

O Réprobo disse...

Imagino, Querida Fugidia! Nova e com essa radicalidade torcedora, deve gozar do prestígio de um outro caso que conheço, em que os colegas do filho de uma Amiga dizem, elogiosamente, que "ela não tem ar de mãe"...
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Once,
não me diga que encontrou uma contradição nos termos?!
Beijinho

Nocas Verde disse...

Ainda e sempre corando, Amigo...
Ainda e sempre as Crias
- Mãe, tem calma. - que elas têm necessidade de acalmar esta Verde que vibra (já antes do Scolari) pelos Tugas, os meus Tugas. Mas aqueles que estão dentro do campo. Aqueles que jogam bem. Aqueles que mesmo não "conseguindo" jogar bem a Verde repare que tentam.
- Mãe, tem calma. - que elas sabem que a Verde pouco cara de mãe perde a pouca (muito pouca) compostura que tem quando de 11 tugas correm atrás de uma bola contra 11 monstros abomináveis.
- Mãe, tem calma.
Mas eu não tenho.
E não concordo, Sir Rép.. Não concordo que se invadam campos de treino com beldades, nem que se façam reportagens diárias sobre o que aquele comeu e o que aquele cantou. Concordo com a boa actuação em campo. com o suar as estopinhas para jogar nos 90 minutos. Jogar de alma, corpo e espirito. Jogar para e só para ganhar... "aquela professora" dizia. Correndo para a vitória que a derrota já é nossa.

Once In a While disse...

Risos, Caro Paulo e não é que encontrei mesmo ;)

O Réprobo disse...

Ou seja, a posição da Querida Nocas é a minha em relação às vacas loucas: onde eu censuro que tenham transformado, por via de rações aparvalhadas, herbívoros em carnívoros, a Minha Amiga lastima que, em vez de filmados a comer a relva, os jogadores sejam reportados em perspectivas de comilanço menos vegetarianas!
Beijinho

O Réprobo disse...

Querida Once,
mas encarou a coisa com desportivismo, pelo que quase me vejo envergando as vestes dum profeta!
Beijinho

Nocas Verde disse...

Nem mais, Caro Rép.
Nem mais!! :)

O Réprobo disse...

Ehehehehehe!
Sabe, Querida Nocas, ontem pensei muito em Si: estava a descer a Rua das Flores e encontro, muito bem pousadinho em cima dum caixote do lixo, um telefone, daqueles de modelo relativamente antigo mais padronizado... mas verde!!!
Quase o estive para meter no saco, não fora os quilos excessivos que já transportava. E tive pena de não andar de máquina fotográfica no coldre, porque podia ter dado um post de homenagem...
Beijinho

Nocas Verde disse...

Era meu... era meu!!!! (risos)
Grata eu por se quedar em pensamentos verdes para os meus lados!

O Réprobo disse...

Ehehehehehehe! Mas sério, merecia mesmo atenção, aquele modelo, do tempo da sobriedade obrigatória, só o imaginava em Preto, Creme, Branco e, por causa do da Guerra Fria, Vermelho. Aquele era chamativo, apesar da discreção do tom, de oliva.
Ora, se não pensássemos nas Gentes Amigas íamos gastar-nos em quê?
Bj.

Nocas Verde disse...

Mas podia ser o meu... Tive um moderníssimo e verde, já com teclas (!!) com direito a pote cerâmico cuidadosamente estacionado a seu lado para quem fizesse a chamada colocar a moedinha (lá em casa era assim. borlas... a ninguém!)
Amigos... é isso mesmo. Para quê perder (precioso) tempo com as outras personagens?

O Réprobo disse...

Ah, Querida Nocas,
este era dos de disco, pré-histórico, portanto. Deliciosa, a evocação da cerâmica!
E claro que as Amizades são o que conta.
Beijinho

Tiagojcs disse...

O Sr. Scolari ja passou claramente do prazo de validade

O Réprobo disse...

Meu Caro TiagoJCS,
vamos ver, o homem é especialista em reconversões. Mas também creio que ter êxito três vezes da mesma forma, no mesmo cargo, é muito difícil. A menos que recorra à bela farmacologia italiana para garantir sanidade psíquica...
Abraço