domingo, 4 de maio de 2008

Corpos Celestes

O Cirurgião Plástico por PerezQue o Homem nada aprende e, apesar de avisado contra o Orgulho, continua a querer ser como os Deuses, é indesmentível. Como a nossa História Sacra diz que a Divindade melhorou a Espécie com uma operação plástica, que de uma costela fez Maravilha, legião de cirurgiões vem oferecendo-se para desempenho que gere gratidão similar. Não falo dos trabalhos importantíssimos de reconstituição de partes do corpo acidentadas, malformadas ou deterioradas, somente refiro as que visam a satisfação da vaidade. Devo dizer que foi para mim surpresa saber que é a lipoaspiração o intervencionismo mais solicitado pela lusitaneidade feminina. O predomínio da cultura (ainda que pop) norte-americana levava-me a imaginar que também por cá o fossem os implantes mamários. Mas talvez a razão de assim não ser se deva ao facto de não haver em Portugal uma diferença tão desmesurada entre o idealismo peitoral e a situação de facto. Nem teremos sonhado em (tão) grande, nem haverá tanta gente destituída desse acesso ao new american dream como pelos States.
Também fiquei abismado ao constatar que a cirurgia estética mais procurada pelos homens é a que toma por objecto o nariz; por ter uma carga de masculinidade virilidade, diz-se. Mas a tradição associa esse superavit varonil a pencas proeminentes. Será que toda a clientela destas clínicas as procura para estender a dimensão nasal? Duvido! Ora que haverá de bom a esperar do anseio de alijar a tal carga?
Resumindo e concluindo, vivemos num País de Mulheres peitudas, mas em que muitos homens precisam de abrir os cordões à bolsa para se mostrarem em absoluto senhores do seu nariz.

2 comentários:

Rudolfo Moreira disse...

É mais uma para a boa fama que sugar tem neste país.

O Réprobo disse...

Desde que as gorduras eliminadas das bolsas respectivas não vão parar a barracas de coiratos...
Ab.