quarta-feira, 19 de março de 2008

Dar a Outra Face

Até ontem não tinha dado por ter inimigos. Desenganado, tento conformar-me com o Espírito da Quadra e mostrar que não sou rapaz de ressentimentos. É pouca coisa, mas é o que tenho para perdoar...

10 comentários:

gdr disse...

ahahahahah o que eu já ri com este post!

Euro-Ultramarino disse...

Isto apenas significa que o Caríssimo Réprobo avança imparável, como potente locomotiva, pelos rectilíneos carris que conduzem ao Bom, ao Belo e ao Verdadeiro.
Um abraço apertado.

Projetor disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Projetores, I hope you enjoy. The address is http://projetor-brasil.blogspot.com. A hug.

av disse...

Está a ver, Querido Réprobo? Afinal o seu blogue até é "likeable" e "very interesting", não se preocupe. Os cães ladram e os comboios passam...

A hug!

O Réprobo disse...

Meu Caro e Co-Perseguido Gazeteiro,
é caso para desta pouca terra, puca terra, fazermos o Huuuuuuuuh!
Abraço amigo

O Réprobo disse...

Meu Muito Caro Euro-Ultramarino,
ainda bem que tenho Amigos! Outro, menos caridoso do que o Caríssimo Deslocado no Hemisfério Sul, tiraria do episódio a ideia de que fiquei a deitar fumo por todos os lados.
Abração

O Réprobo disse...

Eu até nem me importo com estas luzes da ribalta. Mas deveria haver uma mensagenzita em Português para os blogues que falam a língua dos dois Países concernidos. Ai, a máquina deve ser norte-americana!

O Réprobo disse...

Querida Ana,
a hug para Si, já que para a máquina só me ocorre aaaaaaaaa... Huuuuugh!
Mas vejamos as coisas pela positiva, depois do comentário que A precedeu, não se pode dizer que estamos perante um blog sem... Projeção!
Bjinho

cristina ribeiro disse...

É como dizem os comentadores que me precedem: ninguém se dá ao trabalho de bater numa pessoa que está caída no chão- está-lhes a fazer mossa, é o que é!
Portanto, bem no alvo...
Beijo

O Réprobo disse...

Querida Cristina,
logo eu que nem costumava dizer mal dos comboios...
Até guardo um de brinquedo da minha meninice, ainda...
Beijo