sábado, 29 de março de 2008

Do Charme Balnear

Ou o encanto retro das ondas de quando o Estoril era Estoril. Clicar para aumentar e sonhar.
Posted by Picasa

17 comentários:

cristina ribeiro disse...

Como diz uma minha irmã, "se houvesse justiça" :)
Estamos a viver o lado mau do facto de "todo o mundo (ser) composto de mudança"...
Beijo

fugidia disse...

Mas caro Réprobo, sonhar com toucas e "tanto" fato de banho?!
Ugh...
:-)

O Réprobo disse...

O grave, Querida Cristina, é que a mudança se começa a identificar repetidamente com decadência...
Podia-se tentar para melhor, para variar.
Beijo

O Réprobo disse...

Querida Fugidia,
Quanto às toucas, prefiro-as de longe ao barrete que a correspondente oferta turística actualmente é. Já a abundância de pano poderia ser minorada, desde que não substituída por botox e silicone, como hoje em dia se arrisca.
Caia o Pano!
(resta saber se era comédia ou tragédia...)
Beijinho

TAM disse...

Paulo, nao consigo falar contigo ao telefone e nao tenho o teu mail. envia-mo sff para bomdiateresa@gmail.com. é no gmail. Obrigada T

filomeno2006 disse...

¿Tamariz?.....¡No es el Mago Merlín, pero la cosa tiene su magia......!

O Réprobo disse...

Já lá vai, Querida Tam.
Bjinho

O Réprobo disse...

Meu Caro Filomeno,
é verdade, TINHA-A. Ainda hoje andei a passear por lá com a Amiga que subscreveu o comentário anterior, momentaneamente regressada à Pátria. Só a Companhia compensou o prosaico em que se caiu.
Abraço

filomeno2006 disse...

En todo caso, espero que las "aberraciones urbanísticas" en la Costa do Sol portuguesa sean infinitamente menores que en la Costa del Sol española.........

av disse...

Oh Paulo, apesar de lhe dar razão não acho que tenha escolhido bem a fotografia, como exemplo de tranquilidade e qualidade de vida desse tempo. Não sei o que acontecia neste dia no Tamariz, mas a verdade é que estava pior do que Algés ao Domingo!!
Este seu post deu-me uma ideia: vou republicar, amanhã, uma coisa sobre este tema que aqui pus há uns tempos.
Um beijinho

av disse...

"aqui" significa, claro, o Porta do Vento.

O Réprobo disse...

Uuuuum, Meu Caro Filomeno, ainda não estams como alguns pontos do litoral Algarvio, mas está tudo bem estragadinho.
Abraço

O Réprobo disse...

Querida Ana,
tomo isso como a protecção de uma Estorilista Fervorosa ao conceito perdido de um ideal longe do formigueiro...
Diacho, as massas também podem exibir gosto, de quando em quando...
Marcho para «Porta do Vento», embora conteste que tenha havido qualquer lapso, já que mi casa é Su Casa. Salvo na qualidade, claro.
Beijinho

av disse...

Claro, é isso mesmo. Quanto menos formigueiro, melhor... o que me espanta é o formigueiro que já havia nessa altura, no Tamariz!

O Réprobo disse...

Querida Ana,
na Região de Santarém usa-se, como repelente de formigas, escrever à porta:
"Esta casa é de S. Francisco"
E dizem que é remédio realmente... santo. os bichos não transpõem o umbral.
Duvido é de que resultasse com animalejos cada vez mais afastados da santidade, como os banhistas, porque homens.
Beijinho

MySelf disse...

Ainda ontem por lá passei.. grande diferença...

O Réprobo disse...

Querida MySelf.
para nos encher de vergonha das mudanças para pior...
Beijinho