terça-feira, 22 de abril de 2008

O Véu Pintado

O Irão já não é o que era! Então não é que deixou de condenar feministas por se atreverem a integrar essa condição abstrusa, fugindo para expedientes laterais que penalizam a mera participação em manifestações? E abstendo-se de aplicar com zelo as penas corporais, suspendendo a sanção, isto é, transformando-a numa chicotada psicológica, em sentido muito mais verdadeiro do que o da demissão dos treinadores de futebol? Esta coacção mental é incaracterística, quase tanto é possível encontrar nas identificações policiais de manifestantes anti-socráticos no nosso País...

2 comentários:

Rudolfo Moreira disse...

Mas há uma diferença entre um abuso da polícia e a lei dura.

O Réprobo disse...

Há, Amigo Rudolfo. E a ilegalidade é agravante, não atenuante.
Abraço